A Cabana (Filme) | Com a Palavra


Pude assistir este filme na semana passada e depois de ler algumas opiniões e assistir alguns vídeos, senti que eu precisava falar sobre a história e a minha opinião sobre. 


Sinopse (Fonte Cinemark)

Um homem vive atormentado após perder a sua filha mais nova, cujo corpo nunca foi encontrado, mas sinais de que ela teria sido violentada e assassinada são encontrados em uma cabana nas montanhas. Anos depois da tragédia, ele recebe um chamado misterioso para retornar a esse local, onde ele vai receber uma lição de vida.


O filme é baseado no livro "A Cabana" escrito por William P. Young e sinceramente, não o li ainda, pois confesso que não sou muito de ler livros que estão em alta no momento. 

Mas por conta de muitas polêmicas que esse filme tem gerado, resolvi falar um pouco melhor sobre o meu ponto de vista, depois de te-lo assistido. 

Quando digo que assisti o filme e vendo os questionamentos nas redes sociais, vem logo a pergunta "Quero assistir, mas tem gente que ama ou odeia. O que você achou?"

E acho que, independente da religião, o que tenho dito é: 

Você acredita em Deus? Você tem fé? Então, assiste. Senão, assista outro filme. 

Talvez, algumas pessoas podem achar isso um pouco radical, pois eu poderia incentivar as pessoas a conhecerem melhor tudo isso. Mas não...E sabe por quê?

Logo que assisti o filme, queria muito falar para alguém sobre o que eu senti vendo esse filme. A Patti sabe muito bem, porque ela foi a primeira pessoa para quem eu mandei um áudio no Whatsapp, ainda sem palavras sobre o que eu tinha experimentado ali. 

Mas já quero deixar bem claro: essa foi a MINHA experiência!

Cada um tem a sua, independentemente do filme, série ou história. Nós ouvimos, sentimos e/ou compreendemos aquilo que precisamos no momento. Eu estou vivendo, talvez, de uma forma dolorosa, o processo do perdão e por isso, o filme mexeu tanto comigo. 

E acredito que cada um tem a sua vida, as suas crenças, princípios e valores. Então, se você concorda comigo, que legal! Vamos conversar mais a respeito! Senão, tudo bem! Vamos conversar também! Podemos não concordar, mas eu respeito a sua opinião e você, a minha. 

E é assim que deveria ser para qualquer assunto!!

Tenho visto teólogos, pessoas de algumas religiões, entre outras, falando sobre mentiras que o filme prega, apologias, hereges, o marketing em volta disso, etc. Primeiro, se queremos mostrar que as nossas crenças estão certas, temos que vive-las, não empurra-las nas outras pessoas. Segundo, claro que tem marketing envolvido! O filme foi produzido a partir de um orçamento, então precisa ser divulgado para terem retorno financeiro também, assim como qualquer outro filme, etc.

Enfim, o que eu quero dizer com tudo isso é para incentivar a todos a verem o lado positivo das coisas, a verem o que aquela situação ou história mostrou e o que pode ser aplicado na vida, por mais que nós não concordemos com o que vemos ou ouvimos. Sempre há um aprendizado para levar. E não é com discussões que vamos conseguir provar alguma coisa. A vida, o Universo, Deus, o que você acreditar, por si só mostra e nos ensina o que precisamos.  

A vida já é cheia de desafios. Por que problematizar tanto as coisas? 

A minha intenção aqui, de coração, não é pregar nada, muito menos que sou a dona da verdade, mas sim sugerir que todos nós aproveitemos a vida de forma mais leve. 

Beijos e até a próxima!


Um comentário:

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)