Cartão de Crédito | A Nova Regra do Rotativo


Já falamos várias vezes aqui que, se não tivermos controle dos nossos gastos, não podemos levar em consideração o uso do cartão de crédito, porque isso cria uma ilusão de um dinheiro fácil e que "não é nosso". 

Por conta desse crédito facilitado, muitas pessoas perdem o controle e optam por pagar aquele mínimo indicado na fatura. Um GRANDE erro! 

Quem garante que você vai conseguir pagar a próxima parcela, sendo que, somado à essa, você ainda vai ter o restante da parcela anterior, que você não conseguiu pagar, acrescida de juros? 

Sim, isso vira uma bola de neve! E é por isso que, hoje, muitas pessoas e famílias estão endividadas. 

Com isso, o Banco Central determinou que, a partir do dia 3 de Abril, os clientes poderão pagar o mínimo da fatura apenas 1 vez. 

No pagamento seguinte, se não houver como o cliente pagar, o banco ou operadora do cartão precisará apresentar condições de financiamento, para que a pessoa quite primeiro a dívida e não entre nessa bola de neve de rotativos e mínimos. 

Segundo o próprio Banco Central, essa determinação obriga os bancos a oferecerem juros e condições melhores do que as apresentadas atualmente com o cartão de crédito. 

E o Portal G1 fez um ótimo gráfico para mostrar as diferenças entre o que é feito hoje e o que vai passar a valer a partir de Abril:


Acredito que essa medida seja positiva para reduzir o nível atual de inadimplência, mas nada substitui a consciência e educação financeira. 

Se você algum dia considerou pagar o mínimo da fatura ou não faz ideia com o que gastou para a fatura estar tão alta, enfim, você não tem controle dos seus gastos, então nem pense em considerar essa nova regra do rotativo como uma alternativa futura. 

Corte todos os seus cartões de crédito agora, negocie suas dívidas e passe a viver só com o dinheiro que entra mensalmente em sua conta. 

Porque mesmo com essa nova medida, você continuará perdendo dinheiro. Então, a melhor opção ainda é evitar ao máximo que isso aconteça, combinado? 

Beijos e até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)