Resenha de Série (Netflix) - Crisis


O que você seria capaz de fazer para salvar a vida do seu filho ou filha?

E toda vez que essa pergunta era feita na série, eu e o marido tínhamos a resposta: qualquer coisa. Isso porque nem somos pais ainda e só estávamos assistindo essa série...


Trata-se de um sequestro de um ônibus escolar, onde neste estavam os filhos das pessoas mais poderosas e influentes dos Estados Unidos, entre eles, claro, o filho do Presidente. Sim, é mais um filme que fala do orgulho americano, mas achamos que esse foi com menos intensidade.

Cada pai ou mãe recebia um telefonema anônimo com uma missão: fazer o que o sequestrador falasse. Missão cumprida, o(a) filho(a) ficava livre, senão, era morto(a).   

Então, o conflito da 1ª temporada, nem é sobre saber quem é o sequestrador, já que isso é revelado logo no início, mas é ver realmente até que ponto um pai ou uma mãe chega para salvar a vida do seu filho. 


Alguns acontecimentos são meio óbvios, há um detalhe ou outro que fica sem sentido, mas num contexto geral, eu e o marido gostamos e fomos até o final para ver como tudo aquilo acabaria e se é que acabaria. 

E o mais louco de tudo é termos entendido todos os lados! Certo ou errado, o questionamento é muito maior: e se fossemos nós e os nossos filhos? O que faríamos? 

Assistimos os 13 episódios da 1ª temporada em 3 dias e até chegamos a comentar "Tomara que essa série não tenha continuação, senão ficaria chata demais com tanta enrolação que precisariam fazer"

E não é que não tem continuação mesmo?

A série foi ao ar em Março de 2014, com término em Junho do mesmo ano, sem renovação e previsão de continuação.

Acho que valeu assistir e gostei ainda mais da produção por não terem continuado com a série, já que o final ficou meio no ar...

E você? Já tinha assistido essa série? O que achou? Ah, se tiver alguma sugestão, deixa aqui nos comentários para nós =)

Beijos e até a próxima! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)