[Outubro Rosa] Com a Palavra - Um Nódulo. Um Alerta.


Pensei em várias formas de abordar o assunto para que não virasse só mais uma chamada, apesar de ser um assunto tão sério. 

E, então, lembrei que nunca compartilhei o aconteceu comigo aqui no blog. 

Aos 13 anos, através de alguns exames, eu recebi o diagnóstico de ovário micropolicístico, ou seja, eu tinha vários micro cistos no meu ovário que faziam com que a minha menstruação não fosse regular. Passei por um tratamento e não tive mais nada.  

A partir desse diagnóstico, a minha médica passou a pedir check ups completos anuais, não só para acompanhamento disso, mas de um todo. 

E pouca gente sabe, mas há uns 3 anos, num desses check ups, identificaram um nódulo numa das minhas mamas. 

Apesar do laboratório e da minha médica dizerem que o nódulo era muito pequeno e que eu não precisava me preocupar por enquanto, é claro que fiquei em estado de choque! 

Como assim 'não me preocupar'?? Nódulo quer dizer câncer? Qual a situação? Vou ter que fazer uma cirurgia? E tratamento?  

Enfim, não tinha o que fazer mesmo. Eu teria que voltar, 6 meses depois, para um outro ultrassom para ver a 'evolução' do nódulo. 

Foi, então, que um médico do laboratório me disse que eu não tinha nada. Isso mesmo, NADA! Ele disse que a mama é composta, basicamente, por gordura e que, naquela ocasião, um desses 'saquinhos' de gordura pode ter apresentado outra aparência devido à posição do aparelho e que pareceu ser um nódulo. 

E até hoje, realmente, nada mais apareceu (ufa!). Foi um alívio, mas pensei em quanto esse incidente foi um alerta para eu me prevenir e para eu cuidar mais do meu corpo. Pensei muito em quantas mulheres recebem a notícia de um tumor benigno ou maligno por dia...

Outro detalhe é que, no mesmo check up, identificaram também 2 cálculos na minha vesícula que eu precisaria tirar numa cirurgia. 

E não sei se você já passou por uma, mas até que todos os detalhes estejam alinhados, isso leva tempo. Foram mais de 2 meses do diagnóstico até a cirurgia em si, só que 1 mês antes, eu comecei a sentir dores na região. 

Ou seja, eu poderia sofrer uma crise a qualquer momento. E no caso da vesícula, há casos em que os cálculos estouram o órgão, causam infecção generalizada e isso pode levar à morte. 

Enfim, compartilhei tudo isso para alertar sobre a PREVENÇÃO e o diagnóstico PRECOCE! 

Se eu não fizesse exames periódicos com acompanhamento médico, eu teria passado por situações muito piores, mas com o diagnóstico precoce, pude fazer os tratamentos adequados e hoje, estou totalmente recuperada. 

Sei que o Outubro Rosa é sobre o Câncer de Mama, o que é super importante, mas queria reforçar o alerta dos cuidados que devem ser constantes e não só com relação às mamas, mas com o nosso corpo num todo. 

Alimente-se de forma saudável, durma bem, faça exercícios físicos regulares e procure um médico para fazer um check up e acompanhamento de tudo. 

Não espere que o seu corpo apresente alguma anomalia para, assim, correr atrás do prejuízo. 

Ah, a Patti já fez um post no blog sobre o exame de toque como uma das formas de prevenção do câncer de mama. Não custa nada dar uma olhada em como fazer e tirar uns minutinhos para um auto exame (link aqui). 

Na verdade, custa, sim. Custa a qualidade da sua vida ;) 

E, por favor, compartilha esse alerta com todas as mulheres que conhece =) 

Beijos e até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)