(Especial) Como cortar gastos - Opção Mais Barata para o Almoço


O que mais ouvimos hoje é "o momento de crise que o país está vivendo", infelizmente. Porém, há situações que podemos controlar em nossas vidas que nos ajudam a contornar essa crise. 

Uma delas é a revisão e corte de gastos desnecessários ou mesmo que necessários, agora, precisamos fazer até a análise do nível de necessidade do que temos, fazemos e usamos. 

Pensando nisso, vou fazer uma série com 7 dicas de como cortar gastos sem sofrer por isso. Vamos começar?

DICA #1 - Troque o Almoço em Restaurantes por Marmita


Fonte: M de Mulher
Quando eu trabalhava fora, levava marmita para cuidar da minha saúde, mas percebi que isso também trouxe uma economia considerável no orçamento da casa.

Fazendo as contas (considerando um casal sem filhos), com os dois almoçando fora e jantando em casa em 5 dias de trabalho, chegamos a gastar o equivalente ao que gastamos num supermercado para 10 dias (!!).

Antes, eu tinha meu vale refeição que ajuda muito, mas com a marmita, eu economizava e usava nos fins de semana ou happy hours. Ah, mas às sextas, eu não levava marmita para almoçar com a galera do trabalho. Economia sem deixar de lado coisas importantes da vida ;)

"Minha empresa não permite levar marmita ou não tem estrutura para isso"

Nesse caso, sugiro que você pesquise os restaurantes próximos ao seu trabalho que ofereçam uma boa refeição, mas claro, que compense o custo.

Por mais que estamos falando de corte de gastos, o intuito não é comer mal. Pelo contrário, comer bem, de forma saudável, mas gastando menos. Pois o que adianta comer mal para depois a imunidade ficar baixa, ficar doente e gastar o que "economizou" com remédios?

"Akemi, não tenho tempo para preparar minha marmita durante a semana"

Para este caso, sugiro duas opções: 

1) Preparar as marmitas a cada 15 dias num dos dias do final de semana: é necessário se programar, montar um cardápio e fazer as compras antes para ter tudo à mão só para o preparo, mas tudo isso compensa, pois você pode congelar uma a uma e retirar do congelador na noite anterior o que você vai levar ao trabalho no dia seguinte. 

Hoje, há muitos vídeos no YouTube mostrando como fazer isso, assim como o vídeo abaixo da Bruna Dalcin do Comprando Meu Apê.  


2) Pesquisar empresas que preparam e entregam marmitas congeladas ou próprias para congelamento: sugiro que pesquise bastante, pois há empresas que não compensam o custo.

Por enquanto, não tenho nenhuma empresa para indicar, pois quando eu trabalhava fora e mesmo agora, fazendo home office, eu preparo o meu almoço na noite anterior para, no dia mesmo, só esquentar. Assim, economizo dinheiro e tempo. 

Você já faz alguma dessas sugestões? Ou você faz algo diferente para economizar quando o assunto é alimentação? Compartilha aqui com a gente! =) 

Espero que tenha gostado da dica de hoje. 

Beijos e até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)