Você Analisa as suas Finanças com Frequência?


Na semana passada, compartilhei com vocês uma agenda de finanças pessoais que um amigo me apresentou. A minha chegou em casa e já estou testando para poder fazer uma resenha mais detalhada depois para vocês. 

E por causa deste teste, pensei em algo que nunca compartilhei aqui: com qual frequência você acessa as suas contas corrente, de investimento e a fatura do seu cartão de crédito?

O ideal seria todos os dias (isso mesmo!), mas nem sempre temos tempo ou há tanta movimentação para essa frequência, mas sugiro verificarem tudo, pelo menos, 2 vezes por semana. E com os exemplos abaixo, eu te explico o motivo. 

Exemplo 1

Uma vez, debitaram da conta corrente dos meus pais um valor de mais ou menos R$ 200,00. Como a minha mãe controla bem as contas da casa, ela foi ao banco questionar o que ocorreu e ver se clonaram o cartão. Eis o diálogo:

Gerente: "O valor acaba de ser estornado da conta, senhora. Pode consultar nos caixas eletrônicos"
Mãe: "Tá, mas o que aconteceu? Foi clonagem mesmo?"
Gerente: "Não, foi um erro, mas já está na conta"


Ou seja, se ela não acompanhasse as finanças, meus pais perderiam R$ 200,00 para o banco, sem qualquer motivo! Minha mãe, claro, transferiu no mesmo dia o saldo para outro banco e solicitou o cancelamento da conta. 

Exemplo 2

Já aconteceu comigo algumas vezes das lojas passarem a mesma compra 2 vezes no meu cartão, porque identificaram um erro no sistema. Como eu sempre verifico, em todas as vezes, identifiquei a duplicidade e logo em seguida, entrei em contato ou voltei ao estabelecimento para reaver o meu dinheiro. 

E por essa agilidade na identificação, nunca tive problemas com a devolução. 


Exemplo 3

E a novela da anuidade do cartão de crédito? Para o banco, o melhor cliente é aquele que não contesta. E muitas vezes, não contesta, porque nem sabe o quanto deve. Sugiro que sempre ligue na Central de Atendimento e conteste o valor. Sempre há uma possibilidade de desconto na tarifa. 

Desculpe o post mais longo, mas eu precisava compartilhar a importância dessa análise frequente das Finanças Pessoais. 

Espero que eu tenha te ajudado.

Beijos e até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)