O Porquê do Sucesso da Série Stranger Things (Netflix)


Stranger Things é considerada um suspense, terror e ficção científica que se passa na cidade de Hawkins/Indiana em 1983. Por isso também, a série apresenta muitos elementos culturais da época, como as músicas (tops, aliás!). E se tornou um dos grandes sucessos da Netflix desde a sua estréia! 

Se você ainda não assistiu, um breve resumo: 

A história gira em torno do misterioso desaparecimento de um garoto de 12 anos, Will Byers. Outras situações estranhas começam a acontecer, além de outros desaparecimentos, numa cidade que há muitos anos não tinha conhecimento de qualquer crime. Então, seus amigos, família e a polícia local começam uma incessante busca por Will. Durante as buscas, eles descobrem um grande mistério envolvendo um experimento secreto do governo e forças sobrenaturais. 


E por que do sucesso?!

Foi exatamente esta pergunta que me fiz quando li a sinopse desta série antes de assisti-la, mas acabei curiosa, depois da insistência de um amigo. 

O sumiço de Will acontece logo nos primeiros minutos do 1º episódio da série, mas confesso que só viciei mesmo a partir do 3º episódio quando mais fatos estranhos começam a acontecer. Larguei todas as outras séries que estava vendo para assistir Stranger Things em menos de 2 dias... 

O mais engraçado é que achei a história mais voltada para o público adolescente, mas eu não conseguia desgrudar da tela para entender, de fato, o que era tudo aquilo!

Depois de algumas pesquisas...

Vi numa matéria que um estudioso, Gustavo Miller, tem uma teoria que os criadores da série utilizaram os seguintes itens para criarem Stranger Things:

1) Análise de algoritmos da Netflix
2) Combinação de referências de filmes da época com as preferências do público na Netflix
3) Ter no elenco, os atores mais populares da época: Winona Ryder e Matthew Modine. 

E acredito mesmo que, por causa desses fatores (e que sacada dos criadores!), a série tem feito tanto sucesso, principalmente, com os adultos! É como voltar no tempo e assistir as referências da época como ET, Alien, Carrie, Contatos Imediatos do Terceiro Grau, entre outros, num mesmo título. 

Da esquerda para direita: Caleb McLaughlin (Lucas), Noah Schnapp (Will), Winona Ryder (Joyce), Millie Brown (Eleven), Matthew Modine (Dr. Martin) e Gaten Matarazzo (Dustin)

Nem preciso dizer o quanto recomendo a série para quem gosta desses gêneros de série/filme, mas sugiro que prepare o arsenal de comilanças, o pijama e o cobertor para fazer isso no início do final de semana. Porque tenho quase certeza que você não vai querer sair do sofá até o 8º e último episódio ;) 

Ah, e para terminar, um recado ao Brasil da querida Millie Brown que faz a Eleven na série:

Um vídeo publicado por Millie Bobby Brown (@milliebobby_brown) em

Beijos e até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)