#PallomaVaiSecar: o planejamento


Como vocês acompanharam nas últimas semanas, #PallomaVaiSecar teve sua etapa do #PallomaVaiSurtar. Com foco em reverter essa tendência, o que em parte já rolou, voltei a estaca zero da dieta: o planejamento. Não basta o nutricionista te dar a dieta se você não faz nada com ela. Você precisa parar e pensar como vai fazer aquilo entrar na sua vida. Foi isso que eu tive que fazer de novo! (Viram como o crime não compensa? Estou tendo que passar por tooooooodo processo de adaptação à dieta de novo)
Eu não sou uma pessoa master organizada com nada. No trabalho até me salvo, mas se o assunto sou eu pode contar com a zoeira! Ser bagunceira sempre irritou apenas minha mãe, mas praticamente inviabilizou a dieta. Isso porque, se você fica à deriva, pode acreditar que Satanás vai te guiar até algum antro de gordice (=pizzaria, doceria, casa de massas, churrascaria, etc..). Quando você tem um planejamento, fica mais difícil se perder no meio do caminho.
Meu primeiro passo para retomar a dieta foi ir às compras. Uma vez por semana vou à casa de produtos naturais e compro os meus mantimentos para os próximos 10 dias. Por que para 10 dias e não sete, se eu vou lá uma vez por semana? Para ter o meu lanchinho saudável, o chocolate de alfarroba e o meu pão integral sem açúcar garantidos mesmo se eu tiver algum imprevisto e não conseguir repor as compras. Querem saber de uma coisa tão certa quanto a morte? Vão acontecer imprevistos na sua vida. Então, previna-se! Por isso, me dou essa margem de segurança de três dias. Se corre tudo como previsto, desconto na quantidade da próxima compra.

Mesmo comprando toda vez as mesmas coisas, faço uma lista para não esquecer nada. Outra lista é a dos restaurantes onde eu almoço. Cada dia um tem uma coisa bacana em um deles, apesar de tentar focar no buffet de saladas, preciso comer coisas quentes. Aí é aquela coisa... se eu entro num restaurante e não gosto do que está lá, saio em busca de outro restaurante. É nestes momentos que o Satanás entra no meu culote! Porque nessas situações eu só encontro comidas cobertas com muito queijo! Olha que coisa...
É monótono almoçar toda segunda no mesmo restaurante? É. Chatíssimo? Sim. Eu roubo de vez em quando? Com certeza! Mas até para trapacear é preciso que as regras do jogo estejam claras. É melhor ter um planejamento para furar de vez em quando do que planejamento nenhum, concordam?
Outra lista é a da academia. Com que roupa eu vou e qual será o meu lanche de cada dia? Vejam que são duas variáveis, rs. Se eu esqueço do traje ou do combustível da ginástica, lascou! Meu cérebro me sabota e eu não vou mais. Por isso, hoje, já estou com o meu modelito fitness na mala e depois de comer no restaurante de toda santa segunda-feira, vou parar na quitanda e comprar a fruta do lanchinho pré-treino de hoje. Viram que bonitinha?! #autoorgulho
Semana que vem vou falar da adaptação na academia e a volta ao stileto (<3). Até lá, me sigam nas redes sociais. BjkS!
Twitter e Instagram: @pallomamina


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)