Planejamento Pessoal: Como tirar o Visto Americano - Parte 2


Há duas semanas, fizemos o passo a passo da solicitação do visto americano (link do post aqui). E hoje finalizo o assunto falando dos documentos que você precisará levar em cada local e algumas dicas que podem facilitar o processo.

Primeiro local: CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto)

Eu escolhi a unidade do Alto de Pinheiros, fui de carro com o marido e cheguei ao local com 40 minutos de antecedência. E mesmo com o serviço de valet e estacionamentos cobrando um valor a partir de R$ 20,00 a primeira hora, paramos numa rua acima, tranquila e com alguns lugares onde é permitido estacionar. Ou seja, não se sinta pressionada pelos homens no meio da rua, praticamente se jogando em frente aos carros implorando para você estacionar. Saia com tempo o suficiente para olhar a região com calma.

Confirmation Page impressa, passaporte, sua carteira, celular desligado e uma bolsa pequena. Apenas! Evite levar a "vida" na sua bolsa-mala ou mochila para não ser toda revistada. Você economiza tempo, um lugar na fila e o trabalho de ter que tirar todas as suas coisas da bolsa e colocar no lugar de novo.

Tire brincos e correntes. E a partir daqui é fila, atendente, fila, digitais e foto. Rápido e bem instruído até o fim.

Segundo local: Consulado Americano

Em São Paulo, o Consulado fica na Chácara Santo Antônio. Era uma terça, fomos de carro, chegamos com 40 minutos também de antecedência e paramos o carro mais adiante num estacionamento onde poderíamos levar a chave do carro. Como iríamos trabalhar depois, tínhamos uma certa 'segurança' em deixar nossas mochilas e celulares no carro.

Não, você não pode entrar nem com celular no Consulado!

Carregue a carteira e a pasta com os documentos listados neste link. Essa lista eu consegui com uma consultora de viagens e achei a mais clara de todas as que recebi.

Você passa por alguns atendentes que instruem cada próximo passo seu. É bem organizado.

A segurança: se estiver de cinto e blazer, terá que tirar. Os pertences passam por uma esteira com câmera e você, pelo detector de metais. Depois disso, é aguardar a entrevista.

Levamos todos os documentos, o cônsul perguntou "Vocês são formados, né? Em qual curso?", respondemos e..."Visto aprovado. Aguarde o aviso da retirada por e-mail. Boa viagem!". 
.
.
.
.
.
Só isso? Pois é, só! Conversando com uma amiga, chegamos à conclusão que por termos uma rotina, uma vida estabelecida no Brasil, talvez tenha sido mais fácil a aprovação.

Importante: não quer dizer que o entrevistador faça isso de forma generalizada. Então, previna levando todos os documentos e garanta ter um mínimo na poupança ou conta corrente o suficiente para a ida e volta de uma viagem. O visto é para não imigrante. Então eles querem certificar que você vá e não fique depois ilegalmente nos EUA.

Terceiro local: CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) 

Todo o status do seu visto é atualizado no e-mail que você informar na solicitação do visto. Recebemos, então, por e-mail o aviso de que o nosso visto estava pronto 1 semana após a entrevista. Agendamos a retirada no site do Consulado Americano (é possível fazer a retirada de domingo à sexta) e imprimos o formulário de confirmação do agendamento para levar junto com a CNH (ou RG).

O Centro libera a entrada 15 minutos antes do horário agendado. Passamos pela mesma segurança da primeira vez que fomos.

Passaporte com o visto liberados e a surpresa: solicitamos o visto tipo B2 (turismo), mas recebemos o visto tipo B1/B2!


Agora, é planejar a viagem e seguir rumo às terras do tio Obama.



Espero ter ajudado e qualquer dúvida, perguntem aqui nos comentários, no grupo do Facebook ou no nosso Instagram @aqueleblog que respondo assim que eu puder, ok?

Uma ótima quarta a todas nós! =D


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)