Um ano de blog: o que eu aprendi


Yayy!!

Agora em maio tenho que renovar a anuidade do domínio aqui do blog. Sabe o que isso significa?
Que, na teoria, o blog faz um ano!! (Você tá escutando a multidão gritando enlouquecida? Ou sou só eu?)


O primeiro post foi publicado nesse blog exatamente no dia 29 de maio. Bem, esse foi o post que sobreviveu ao meu rigoroso controle de qualidade de posts (kkkkkkkk)... Sério, postei e apaguei vários posts, até chegar nesse. E apesar de estar bem meia boca, por algum motivo eu gostei dele e ficou.

E nesse um ano de blog eu posso dizer que aprendi algumas coisas:

- É extremamente difícil escrever todos os dias. Apesar de amar loucamente escrever, tem aqueles dias em que não estamos lá muito bem e as palavras simplesmente não vem! E também tem aqueles dias em que as palavras viriam, se tivesse alguma ideia do que escrever. Enfim, resumindo: ter um assunto por dia é coisa de maluco!

- As pessoas vão te criticar. Que tá ruim, que tá chato, que você não tem mais idade pra essas coisas (essa foi a única crítica que eu não engoli). Na real, eu sei que nunca ninguém vai conseguir agradar todo mundo. Porém, lidar com alguma crítica, ou julgamento é algo difícil  de se fazer.

- As pessoas vão te apoiar. E vão ser maravilhosamente maravilhosas! Sério! Muita gente se aproximou de mim depois do blog. Para algumas, eu sou uma espécie de referência, seja para uma opinião ou para compartilhar algo do mundo da beleza. E as pessoas vão te colocar pra cima e te dar todo apoio para não desanimar.

- Você vai criar um novo network. Não sei bem se network seria a palavra certa. Um bom exemplo é o grupo do blog no facebook: meu coração pula de alegria quando vejo minhas amigas compartilhando e pedindo opinião uma das outras, independente do blog. De repente, aquele grupo reuniu mais de 200 meninas que tem uma vontade em comum: poder falar do nosso universo feminino com tranquilidade, sem sermos julgadas.

- Nem sempre o que você quer é o que agrada o leitor. Isso foi absurdamente surpreendente pra mim. As vezes, faço um post enorme com várias fotos e informações. Levo horas a fio nesse trabalho, coloco o post no ar e... Nada! Os acessos no blog são baixíssimos. Por outro lado, hora ou outra escrevo um post como esse, seguindo só o que diz meu coração, e é o post mais acessado da vida. Sinceramente, não sei mais medir o que pode agradar mais ou menos você, leitor. Por isso, todo dia é uma surpresa.
Para você ter ideia, os dois posts mais acessados da história desse blog são meu desabafo sobre os padrões de beleza e sobre minha pulseira da Vivara, respectivamente.

- Ter uma amiga escrevendo com você pode ser uma excelente ideia. Sem demagogia, o melhor passo desse blog foi o convite a Akemi e a resposta positiva. E assim, uma nova opinião pro blog. É uma motivação a mais pra não me fazer desistir. Sempre tive pra mim que ninguém chega sozinho a lugar nenhum. E a Akemi ajudou muito o blog a chegar onde chegou hoje. Sem contar que tive o maior prazer do mundo em tê-la em meu convívio diário de novo! <3

Se liga, Patti! Seu blog ainda é super pequeno! Não! Esse espaço não é super pequeno! Lógico que, comparado aos blogs das divas da Internet, esse blog pode parecer minúsculo. Mas, pra mim, é gigante! 
Através desse espaço que eu posso escrever sobre o que eu quiser (eu simplesmente amo essa liberdade!), eu cresci muito! Como pessoa, mesmo! 
Acredito que fiz amigos. Acredito que eu possa ter ajudado alguém a ter uma auto estima melhor. 

Sinceramente, não tenho nenhuma pretensão com esse blog. Ele nasceu pela necessidade de resgatar um hábito antigo - escrever - e já foi muito além!

Feliz um ano e vida longa ao Aquele Blog! Muito obrigada por ter me acompanhado até aqui!! ❤️ 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar sem utilizar um login do Google basta usar a opção Nome/URL.
;)